Diferenças entre portaria remota, virtual e autônoma

Diferenças entre portaria remota, virtual e autônoma

Com o passar dos anos, novas tecnologias têm surgido para facilitar ainda mais a vida das pessoas, reduzindo custos, agilizando processos, promovendo mais segurança, entre outros benefícios. Inclusive, parte dessas soluções já chegaram nos condomínios.

Modernizar a segurança condominial é algo mais do que necessário, principalmente com o aumento no número de furtos e assaltos a condomínios. Muitos desses casos poderiam ser evitados com um sistema tecnológico de segurança totalmente eficiente.

Uma das novidades nos condomínios, e que está gerando bastante dúvidas entre os moradores, são as portarias remotas, virtuais e digitais.

Além de modernizar a rotina do condomínio, essas soluções ajudam a agilizar e a controlar melhor o fluxo de entrada e saída dos condomínios, principalmente nos horários de pico.

Portaria remota

A portaria remota, como o próprio nome sugere, funciona praticamente como uma portaria convencional, porém, à distância. Ela gerencia toda segurança e acessos do condomínio 24 horas por dia, todos os dias da semana, agindo quando necessário e em tempo real.

Um diferencial dessa modalidade de portaria é que ela faz um registro detalhado de todas as entradas e saídas. Assim, seu condomínio ficará resguardado com informações valiosas para entrar com qualquer medida judicial ou acionar a polícia.

Essa é a opção tecnológica mais completa disponível hoje para atender as portarias dos condomínios, pois é composta por sistemas, painéis, câmeras, chaves de acesso personalizadas e dispositivos emergenciais que farão o trabalho em caso de queda de energia ou instabilidade da rede de internet.

Portaria virtual

Podemos definir a portaria virtual como uma versão mais simplificada da portaria remota, porém, ainda assim automatizada.

No caso da portaria virtual, quando um visitante chega ao condomínio, ele interfonará diretamente na unidade. É possível contratar serviços extras para, nos casos em que o morador não esteja em casa, o chamado seja direcionado à uma central de atendimento.

Um dos problemas constatados por quem já utilizou esse tipo de portaria está relacionado aos custos extras e à vulnerabilidade do sistema quando o serviço de internet falha ou quando há queda de energia.

Portaria autônoma

Diferente das portarias citadas acima, onde a administração pode ser feita por meio de uma central que faz o gerenciamento das entradas e saídas, a portaria autônoma é um mecanismo onde visitantes e fornecedores teclam exclusivamente para o apartamento que deseja contato e a entrada só será permitida caso o morador esteja no local para atendê-los.

Nessa modalidade, os próprios condôminos são os responsáveis por gerenciar a entrada de pessoas que entram ou saem do condomínio.

A portaria autônoma é a menos recomendada para condomínios de médio porte, pois quanto maior o fluxo de pessoas circulando, mais a segurança estará em jogo.

Agora você já sabe quais são as principais diferenças entre os sistemas de portaria à distância disponíveis no mercado.

Conheça mais sobre os serviços da Homety e da Pro Security e esteja preparado para oferecer o melhor em segurança ao seu condomínio!

Tendências no mercado de segurança eletrônica

Tendências no mercado de segurança eletrônica

Segurança eletrônica é uma das áreas que vem evoluindo mais rapidamente, trazendo uma série de soluções que nos ajudam a aprimorar cada vez mais nossos serviços. Hoje vamos apresentar aqui algumas tendências que vão movimentar o mercado em 2021, acompanhe:

Fechaduras digitais

Já podem ser encontradas em alguns condomínios fechados, onde os moradores não precisam mais de chaves para entrar em casa. Algumas delas funcionam com sensores biométricos e outras com senhas, mas o mais interessante é que algumas permitem ser destrancadas pelo celular. Além de ampliar a segurança contra arrombamentos, elas também são bastante práticas.

Cerca virtual

É basicamente um aplicativo que funciona através do GPS, onde os pais selecionam uma área e, caso o aparelho saia desta zona, eles são alertados. Além do alerta, o aplicativo mostra também a localização exata do usuário.

Tecnologia IP

O IP é um registro do aparelho em uma rede local ou na internet. O uso da rede permite que você tenha câmeras com qualidade superior às analógicas e, melhor, criar sistemas com mais equipamentos por um custo menor: uma câmera analógica pode ser substituída por até quatro câmeras por IP.

Sistema inteligente de reconhecimento de placas

Foi desenvolvido para diminuir o índice de erro na localização de veículos através das câmeras de segurança CFTV. É utilizado pelos órgãos de fiscalização pública, como o DETRAN, e também vem sendo muito procurado por condomínios e empresas com grande fluxo de veículos. O sistema identifica a placa e registra no sistema junto com uma foto do veículo. Algumas empresas de segurança eletrônica possuem um banco de dados integrado com o da polícia militar, emitindo um alerta ao identificar um veículo irregular.

Portaria remota

é um painel com uma câmera que coloca o visitante em contato diretamente com uma central de atendimento que, com ajuda da tecnologia, substitui um atendente presencial e potencializa o monitoramento.

As tendências são para 2021, mas a Homety já trabalha com soluções de segurança que combinam todas elas. Atualização e eficiência para manter nossos clientes mais seguros!

Como sistemas IoT estão ajudando condomínios a evoluírem sua segurança

Como sistemas IoT estão ajudando condomínios a evoluírem sua segurança

A tecnologia IoT ou a Internet das coisas, é a evolução da internet, onde o acesso não se dá apenas pelas pessoas, mas também pelas coisas. Ou seja, é a tecnologia que conecta tudo e todos. Com isso temos acesso e controle total de vários tipos de equipamentos pela internet.

Essa tecnologia gera informações sobre o funcionamento das “coisas” e de todo ambiente ao seu redor. E essas informações podem ser coletadas e analisadas em tempo real, ou quase, por sistemas de gestão que ficam na nuvem, e que por sua vez possibilitam tomar ações com mais agilidade, assertividade e segurança.

Mas como essa tecnologia pode auxiliar na gestão de condomínios?

“Dentro de um condomínio a tecnologia IoT vem para somar e auxiliar na redução de gastos desnecessários, além de trazer mais segurança. Controle inteligente de iluminação, identificação de áreas de maior fluxo de pessoas e controle de entrada automatizado, são apenas alguns exemplos práticos da aplicação dessa tecnologia”, explica Alan Barbosa, Diretor de Tecnologia da Homety, portaria remota do Grupo Pro Security.

Confira como a Homety está utilizando a tecnologia IoT para auxiliar os condomínios a evoluírem sua segurança sem aumentar os custos:

Manutenção proativa efetiva

Diariamente os condomínios geram centenas de dados, estejam eles sendo capturados e armazenados ou não. Com o sistema inteligente IoT e os sistemas prediais conectados, todos esses dados poderão ser aproveitados para prever as necessidades de manutenção e fornecer detecção precoce de problemas.

Por exemplo: Com um pequeno sensor instalado no sistema de encanamentos, um pequeno vazamento, que poderia passar despercebido durante semanas, pode ser identificado com rapidez, evitando assim o desperdício de água.

Segurança automatizada

A segurança é a prioridade dentro de um condomínio e a tecnologia IoT torna esse monitoramento e ação mais fácil e eficaz.

Os sistemas de segurança inteligentes sempre estão em plena evolução e os sistemas de segurança inteligentes monitoram constantemente.

Os síndicos não precisam mais se preocupar em configurar uma infraestrutura de TI complexa para executar seu sistema de segurança. Os sistemas de segurança com IoT são completamente baseados na nuvem, facilitando o acesso de onde de qualquer lugar. As câmeras e os sensores de segurança levam apenas alguns minutos para instalar e conectar-se à rede de edifícios inteligentes.

Conectividade total

Com a tecnologia IoT tudo está conectado e as informações são distribuídas com muito mais efetividade, não apenas entre a administração do condomínio, mas também entre os próprios condôminos.

Nos condomínios inteligentes parceiros da Homety, os moradores também possuem maior controle de tudo o que acontece, permitindo recolher dados de todo o edifício, não apenas unidades individuais, dando-lhes insumos para tomar melhores decisões operacionais para uma gestão do condomínio de forma mais eficiente, eficaz e respeitando a privacidade dos moradores.

Utilizando dados de construção

A tecnologia IoT fornece informações sobre o desempenho do condomínio como um todo. Além das necessidades de manutenção, os síndicos podem utilizar os dados da construção de várias maneiras:

Identificar os níveis de ocupação das áreas comuns

Com os sensores de ocupação é possível que os síndicos rastreiem o tráfego de pedestres em todas as áreas. Isso é valioso para entender como os moradores usam espaços comuns do condomínio.

Criar regras automatizadas para uso de energia

A tecnologia IoT auxilia na redução de gastos com energia elétrica dentro do condomínio. Sensores inteligentes podem acionar regras automatizadas, otimizando o uso de energia e evitando desperdício. Por exemplo: Quando a academia está ocupada em um dia quente, os dados de ocupação e a temperatura acionam o ar condicionado automaticamente. Já em outro dia, quando a academia está vazia, os sistemas inteligentes diminuem as luzes e desligam o ar condicionado para economizar energia.

Controle remoto de sistemas

Juntamente com as regras automatizadas, a administração tem controle remoto sobre os sistemas climáticos e de iluminação em todo o condomínio. Em unidades vagas, por exemplo, os síndicos podem definir a iluminação imediatamente antes da exibição e garantir que tudo seja desligado após o uso.

A telepresença pode trazer mais segurança e tecnologia para o seu condomínio

A telepresença pode levar mais segurança para o seu condomínio

Um dos principais motivos pelo qual as pessoas decidem viver em condomínios é a segurança e comodidade que esses conjuntos residenciais possuem. E com a tecnologia da telepresença, é possível que essa segurança seja muito mais efetiva.

As inovações tecnológicas trouxeram uma série de alternativas para os condomínios no quesito segurança, dentre elas a portaria remota com sistema de telepresença, que traz mais agilidade no atendimento, armazenamento e gravação de toda interação entre visitantes, prestadores e operador.

Portaria remota é o futuro dos condomínios

Através do sistema de monitoramento 24hs, presente na operação da portaria remota é possível controlar a distância tudo que seja referente a entrada e saída no condomínio, desde moradores, visitantes, prestadores de serviços, até mesmo entregas de mercadorias e correspondências. Todo controle é feito por uma base de profissionais em uma central de atendimento, disponíveis 24h para solucionar qualquer eventualidade que venha ocorrer no condomínio.

Além de abrir e fechar as portas e portões da garagem do condomínio, os profissionais monitoram o condomínio com sistemas de biometria, câmeras de alta definição, sistemas de alarme e dispositivos de pânico.

Essa tecnologia contribui para automatizar a vigilância em condomínios residenciais de pequeno e grande porte, reduzindo a vulnerabilidade de porteiros e condôminos.

Vantagens da telepresença em condomínios

Algumas das principais vantagens com esse serviço, além da diminuição dos riscos de falhas humanas e ter registro de tudo, é também a diminuição de gastos com funcionários, além do síndico estar a par em tempo real de toda movimentação no prédio através do seu celular.

A tecnologia da portaria remota, é uma solução altamente inovadora que une o útil ao agradável: consegue reduzir os custos e ainda aumentar o nível de segurança dos condomínios.

Aumento da sensação de segurança

A presença do operador através da telepresença traz mais conforto e segurança, tanto para os usuários, quanto para os próprios funcionários. Uma vez que o atendimento ocorre em uma central a distância e não há possibilidade de rendimento dos mesmos. Para os visitantes e prestadores essa presença representa um atendimento totalmente humanizado e ágil.

Investir em tecnologia é priorizar a segurança e bem estar de todos! Conte com a Pro Security para manter seu condomínio ainda mais seguro.

Entenda o Mercado de Aplicativos no Brasil

Entenda o mercado de aplicativos no Brasil

Segundo um estudo realizado pela AppsFlyer, o Brasil é o líder absoluto no mercado de aplicativos da América Latina. Só nos últimos dois anos, o país cresceu 55% em número de instalações de apps nos smartphones.

Ainda de acordo com o estudo, em 2019, contabilizamos 230 milhões de celulares conectados em território nacional — lembrando que o Brasil é a sexta maior população do mundo!

Mas por que será que o sucesso no mercado de aplicativos é tão grande? O que a população mais baixa em seus celulares? Confira no artigo a seguir!

O mercado de aplicativos no Brasil

Dos últimos anos para cá, as plataformas digitais estão presentes no cotidiano da população mundial, e a expectativa é que para os anos seguintes, elas estejam presentes ainda mais.

De acordo com uma matéria divulgada no Portal Terra, o Brasil é o segundo país no mundo onde o mercado de aplicativos mais cresce, perdendo apenas para a Indonésia.

A consultoria App Annie, especializada no comportamento e mercado digital, destacou que o brasileiro, em média, passa três horas por dia navegando em aplicativos. Além disso, que mantém cerca de 70 a 80 deles instalados no smartphone. Um número bastante surpreendente, não acha?

O que o brasileiro mais baixa em seu celular?

Logo no começo da pandemia, houve um crescimento de 22% na procura de apps que oferecessem cursos e treinamentos profissionalizantes. É o que diz Adriano Santos, especialista no desenvolvimento de aplicativos móveis.

O mercado de delivery também apresentou um aumento devido ao isolamento social. Da segunda quinzena de março até abril, o número de usuários nessas plataformas deu um salto de 155%.

O comportamento do consumidor brasileiro sempre influencia no ranking dos aplicativos mais baixados no ano. Em 2018, por exemplo, os apps de entretenimento, como Netflix, Globo Play e jogos variados, estavam nas primeiras opções de downloads em território nacional.

Expectativa para o mercado em 2021

A expectativa para 2021 é que o mercado de aplicativos continue crescendo. Listamos algumas tendências que consideramos fortes a procura para o próximo ano, confira:

  • Contratação de serviços gerais, como encanador, limpeza e outros;
  • E-commerces e lojas virtuais;
  • Gestão de condomínio em nuvem.

Você sabia que o Grupo Pro Security já está por dentro dessa tecnologia? Alguns de nossos serviços envolvem aplicativos, como é o caso do Homety e do Helpty. Veja um pouco sobre cada um deles:

  • Homety: um sistema de controle de acesso, que traz maior praticidade e segurança para os moradores. Entre as funcionalidades estão cinco pilares: automação, supervisão, atendimento, monitoramento e telepresença. Por meio do aplicativo, os condôminos fazem a gestão de todas as atividades do sistema e recebem notificações cada vez que o acesso de visitas for liberado.
  • Helpty: tecnologia que permite a contratação de serviços de limpeza dentro de um sistema, de forma prática e bem rápida. Basta baixar o aplicativo Helpty no celular (Android e iOS) e fazer o cadastro. O usuário escolhe o tipo de serviço que deseja, comercial ou residencial, a metragem total do espaço, bem como a quantidade de quartos e banheiros, e a recorrência. O aplicativo mostra o valor que deverá ser pago.

A holding Wenovity comanda a área de tecnologia do Grupo e tem como objetivo fortalecer o desenvolvimento próprio de novas tecnologias.

Tecnologia 5g em condomínios

Tecnologia 5G em condomínios

A tecnologia está por toda parte, presente no dia-a-dia da maioria das pessoas. Uma das áreas que mais se beneficiam da transformação digital é, sem dúvidas, a de condomínios. Os impactos neste setor são muitos, envolvendo desde segurança e privacidade até velocidade na troca de informações.

Conheça a tecnologia 5G e saiba como ela pode beneficiar os condomínios. Acompanhe!

O que é tecnologia 5G?

Tecnologia 5G é o padrão tecnológico da quinta geração para as redes móveis e de banda larga, sendo o sucessor do 4G.

Para o desenvolvimento de sistemas e plataformas, por exemplo, o 5G é capaz de oferecer mais velocidade, suporte a múltiplos usuários, mais confiabilidade e, é claro, maior segurança de privacidade e dados.

“O 5G vai contribuir para o desenvolvimento da Internet das Coisas. Com isso, os dispositivos e plataformas poderão estabelecer uma comunicação mais fácil e rápida entre si. Um exemplo disso é uma geladeira inteligente, que faz as compras dos itens que estão faltando. Esse tipo de solução já está mudando a maneira como vivemos”, explica Alan Barbosa, Diretor de Tecnologia da Wenovity, startup do Grupo Pro Security.

Mas o que isso tem a ver com condomínios? Tudo! A Tecnologia 5G pode e deve ser utilizada também na área de segurança patrimonial, oferecendo mais segurança e possibilidade de desenvolvimento para o estabelecimento.

Confira abaixo onde você poderá encontrar essa tecnologia dentro de condomínios:

Reconhecimento facial

As câmeras por reconhecimento facial estão cada vez mais presentes nos condomínios, proporcionando mais agilidade na hora de liberar um morador para o interior das unidades. Isso porque os rostos dos moradores e profissionais que trabalham nas dependências devem ser registrados no sistema de dados e, quanto maior for a velocidade do sistema, maior será a segurança do local.

Automação em ambientes

Automatizar processos e gerar uma melhor experiência aos usuários já é uma realidade dentro de condomínios. Com a tecnologia 5G, será possível encontrar essa automatização em diversas outras atividades:

  • no controle sensorial de luzes em locais de passagem;
  • com o comando de voz, será possível entrar em elevadores e não precisar apertar os botões dos andares;
  • os sensores de presença e comando de voz também estarão na ação de abrir e fechar portas.

Essas funções já são realidade em pequenos condomínios, que não necessitam uma velocidade de conexão tão alta. Nos grandes condomínios, isso ainda não acontece, devido ao alto número de unidades e pessoas. Com a tecnologia 5G, isso finalmente será possível. E, melhor, será mais acessível.

Evolução das câmeras de segurança

De forma mais rápida e fácil, as câmeras de segurança 5G trabalharão o reconhecimento de diversos padrões, sendo um deles o detectando atividades suspeitas e vandalismo. Ou seja, mais do que transmitir imagens captadas, elas trarão mais controle, agilidade e precisão na segurança condominial.

Portaria e controle de acesso otimizados

portaria remota já é uma realidade em grande parte dos condomínios. Com o desenvolvimento do 5G, elas estarão mais atualizadas e integrando outras ações dentro do sistema, como é o caso do reconhecimento facial que citamos acima, e outras tecnologias, como leitura de placas de automóveis e rondas virtuais, por exemplo.

A propósito, vale citar que grande parte desses serviços já é oferecido pela Homety, plataforma de gestão de segurança e atendimento do Grupo Pro Security. Para saber mais, basta clicar aqui.