Perguntas Frequentes

Quer saber o que é e como funciona o Homety, e tudo mais sobre portaria remota? Então confira abaixo as respostas das perguntas frequentes que recebemos em nossos atendimentos.

O que é e como funciona uma Portaria Remota?

Portaria Remota é um sistema altamente tecnológico de controle de acesso automatizado e de monitoramento de câmeras e alarmes 24 horas por dia.

De forma geral, uma Portaria Remota funciona do mesmo jeito que uma convencional com porteiro físico. A principal mudança é que a figura do porteiro é substituída por um funcionário treinado e especializado que fica em uma Central de Atendimento externa, um ambiente protegido e seguro, gerenciando a distância todas as operações relativas ao condomínio.

Isto garante o aumento em segurança, pois elimina a chance de coerção ou rendição do porteiro, umas das principais táticas usadas por bandidos.

O que a empresa de Portaria Remota faz?

A Portaria Remota aumenta a segurança do condomínio e ainda proporciona uma redução de até 60% nos custos do condomínio.

A empresa assume 100% da atuação do dia-a-dia através do atendimento geral dos moradores, visitantes e prestadores de serviço. Além disso, atuamos como apoio de todas as necessidades e solicitações que venham através de nossos canais de comunicação.

Quais as principais preocupações dos condomínios quando procuram uma Portaria Remota?

As principais preocupações de quem procura uma Portaria Remota são aumento de segurança e redução de custo.

A Portaria Remota é integrada com o sistema de câmeras e alarmes do condomínio?

Sim! Este tipo de sistema de portaria é totalmente integrado e conta com o monitoramento perimetral de câmeras e alarmes, além de ronda virtual pelo circuito interno de câmeras. Outra integração do sistema é o aplicativo para smartphone que gerencia a distância o acesso do seu condomínio, visualiza em tempo real quem entra e sai através das câmeras, autoriza a entrada e saída de prestadores de serviços e visitantes, faz reserva de áreas comuns e muito mais.

Os equipamentos já existentes no condomínio (câmeras, interfones, cerca elétrica) podem ser utilizados no projeto de Portaria Remota?

Em 90% dos casos, nós conseguimos integrar com o nosso sistema de Portaria Remota. Ou seja, utilizamos os mesmos no projeto do condomínio. Para maior assertividade é necessária uma visita técnica ao condomínio, onde nosso técnico faz a análise dessa questão.

Como funciona a entrada e saída de moradores?

O acesso dos condôminos é feito de forma totalmente automática, por meio de biometria, tags e QR code. Futuramente, também poderá ser feito via reconhecimento facial. Isto vale também para a garagem, que conta com controles de portões com sistema anticlonagem, leitor de placas, QR code e reconhecimento facial, garantindo segurança e agilidade.

Como funciona a entrada de visitantes, funcionários e prestadores de serviço?

No caso de funcionários, cada condômino deverá cadastrar o pessoal no aplicativo e fornecer para eles um meio de acesso, seja por biometria ou QR code.

O acesso de convidados é bastante simples e tecnológico, pois pode ser liberado por meio de QR code. Nele, qualquer visitante ou funcionário poderá entrar nas dependências do residencial mediante a um convite enviado pelo morador. O que torna este método muito seguro é que tem um tempo limite pré-definido e só pode ser utilizado uma vez, descartando a possibilidade de clonagem.

QR code é uma opção segura de controle de acesso?

Sem dúvida, essa é uma tecnologia segura e estável que permite combinações diferentes e vem com o propósito de agilizar o acesso de visitantes, possibilitando a mesma segurança que o morador tem na entrada do condomínio.

Pode haver falhas na portaria remota?

A Homety terá total controle sobre o que está acontecendo no condomínio, através do monitoramento 24 horas e da sua integração de software e hardware. Além disso, no caso de possíveis quedas de energia, um nobreak manterá o funcionamento da portaria até a energia ser restabelecida. Se a falta de energia for prolongada, a empresa enviará uma equipe de apoio operacional ao condomínio, para dar suporte e prosseguir com o funcionamento da portaria e todas as suas funções.

E se o portão for deixado aberto?

A solução de Portaria Remota conta com um sistema formado por 2 portões de acesso de moradores e visitantes, chamado eclusa social. Desse modo, o segundo portão só é liberado quando o primeiro for fechado, resolvendo o problema de portões que são esquecidos abertos, aumentando assim a segurança do condomínio.

E se a internet cair?

O sistema de Portaria Remota conta com link de internet dedicado. Se acontecer a queda do link de internet, é encaminhado para o condomínio um profissional treinado para dar todo o apoio, suporte e prosseguimento das funções da portaria manualmente.

Como funciona a central de atendimento?

Toda ligação feita através do interfone ou originada de qualquer área comum do prédio, obrigatoriamente, passa pela triagem do operador ou agente de segurança alocado na central, e todo esse atendimento é acompanhado pelas imagens e registros do condomínio.

A Central de atendimento do Grupo Pro Security funciona 24 horas, 7 dias por semana.

O condomínio é monitorado por um único Porteiro Remoto? Esse Porteiro Remoto, sozinho, monitora quantos condomínios?

Um porteiro remoto monitora até 6 condomínios. É importante ressaltar que tanto o porteiro de um condomínio (atuando no local) ou o remoto (no nosso caso), tem como função principal o controle de acesso de moradores.

Com a ajuda de tecnologia (sistema, sensores, câmeras e equipamentos), este controlador consegue ter maior controle sobre os acontecimentos dentro do condomínio, trazendo maior segurança para o condomínio.

Quantos funcionários são necessários para atender a um condomínio ou um conjunto de condomínios?

A tecnologia evolui muito e a cada dia melhoramos ainda mais os nossos processos e procedimentos. Essa convergência entre tecnologia, processos e procedimentos permite que, cada vez mais, eliminemos a atuação do ser humano no processo de atendimento aos condomínios.

Isso entrega mais segurança aos moradores porque elimina o fator humano no processo de validação. Um exemplo é se colocarmos em uma mesma célula de atendimento 2 condomínios que possuem muita demanda; nós não conseguiremos atender eficientemente, por isso precisamos distribuir os condomínios por demanda de trabalho e fazemos isso com muita tecnologia aplicada no processo.

Quantos condomínios a Central consegue atender?

A central não tem limite de atendimento.

Qual o tempo o Porteiro Remoto leva para atender um visitante ou um chamado pelo interfone e abrir o portão? Fica muito tempo esperando na calçada?

O atendimento é quase que imediato. Temos uma quantidade considerável de colaboradores, principalmente em horários de pico (manhã e fim de tarde), para que o atendimento seja realizado no menor tempo possível.

Em média os atendimentos duram 1 minutos, considerando desde o toque no interfone, identificação do visitante ou morador, contato com o condômino e liberação da entrada. No caso de condôminos, 100% deles terão um cadastro prévio, o que garante o acesso imediato.

Quais são os benefícios da Portaria Remota para o condomínio e para o morador?

O principal benefício é o aumento de segurança. Com a aplicação da Portaria Remota, nós elevamos o nível e os critérios de segurança aplicados em cada condomínio. Além disso, 90% dos procedimentos de segurança aplicados ao condomínio passam a ser validados eletronicamente, o que elimina a possibilidade de falha humana.

Outro benefício importante é a redução de custo, que consideramos como um efeito colateral, porque o objetivo principal é o aumento de segurança para não vulnerabilizar o condomínio.

Quais os pontos negativos da Portaria Remota para o condomínio e para o morador?

Os moradores não têm mais a figura do Porteiro para pedirem favores. Esse é um dos pontos que mais demanda adaptação. Nós temos uma área de Sucesso do Cliente que acompanha e analisa o nível de satisfação de cada morador, atuando de forma a minimizar esse impacto.

A Portaria Remota é ideal para quais tipos de condomínios?

Em geral, a Portaria Remota é indicada para condomínios com até 100 unidades.

Se o condomínio tiver mais unidades, a plataforma poderá ser implantada com a mão de obra para aumentar o nível da segurança e facilitar o controle de acesso e atendimento.

É possível economizar quanto ao substituir uma portaria física por uma Portaria Remota?

De acordo com os últimos estudos de valores que fizemos com nossos clientes, conseguimos reduzimos até 60% nos custos de mão de obra dos condomínios, o que reflete para o morador uma média de 40% de economia direta no seu boleto mensal.

Qual o impacto da Portaria Remota nos recursos humanos do condomínio?

O impacto é grande. Em média, os condomínios residenciais possuem 6 funcionários: 1 Zelador, 1 Faxineiro e 4 Porteiros para atuar 24 horas. A Portaria Remota elimina os 4 porteiros, reduzindo, assim, o efetivo em 70% dentro de um condomínio.

A vantagem disso no processo de segurança é representativa! Os funcionários do prédio reúnem um volume consistente de informações particulares dos moradores, e com um alto número de funcionários, fica difícil controlar o sigilo das respectivas informações.

Qual o impacto da Portaria Remota na segurança?

Nos condomínios, o impacto é percebido já nos primeiros dias de operação. Vale ressaltar que segurança e comodidade não andam juntas, dessa forma os moradores e funcionários do prédio passam a conviver com um procedimento de segurança em que não existe exceções.

Isso ocorre porque, com a implantação da Portaria Remota, 90% dos procedimentos de segurança passam a ser eletrônicos e automatizados, o que exige que os procedimentos sejam de fato seguidos, nem mesmo os operadores ou agentes de segurança que estão na central de monitoramento podem ou conseguem burlar os procedimentos.

Os serviços emergenciais em caso de defeitos em portões (sistema de abertura, motores), câmeras e interfones serão todos responsabilidade de quem?

Por contrato, assumimos toda a manutenção dos portões e periféricos. Já está incluso nos custos. Já problemas ou defeitos estruturais, como quebra de vidro, portão entortado, esta responsabilidade é do condomínio.

Como e a quem é feita a comunicação caso se identifique algum defeito por um condômino? E na situação inversa? E caso seja identificada uma invasão pelo condômino ou Portaria?

Temos um canal de atendimento específico entre síndico e Homety, onde toda abertura de chamados é realizada por este canal. Caso seja identificado qualquer sinal de invasão nós acionamos as autoridades e comunicamos o síndico.

Como é a aceitação dos moradores após a mudança de sistema?

Os 3 primeiros meses são mais difíceis para que todos se adaptem ao sistema, por isso acompanhamos de perto essa fase. Mas, depois disso, a aprovação é superior a 95% dos moradores.

Isso não está relacionado único e exclusivamente com tecnologia e procedimento, mas, sim, com o cuidado para que a percepção do usuário seja correta diante de um sistema tão complexo como esse.

Moradores idosos conseguem utilizar o sistema? Quais são as maiores dificuldades?

Sim. A principal dificuldade de moradores idosos é o acesso do condomínio através da biometria, mas nós resolvemos isso com a utilização dos tags, do QR code e, no futuro, implantaremos o reconhecimento facial, que irá minimizar consideravelmente esses problemas.